conecte-se conosco

POLÍCIA

Polícia Civil fecha duas empresas clandestinas de transportes de passageiros em Sorriso

Publicados

em


.

Assessoria | PJC-MT

Duas empresas clandestinas de transporte de passageiros que funcionavam na zona Leste de Sorriso (442 km ao Norte de Cuiabá) foram fechadas, na terça-feira (24.03), em ação conjunta da Polícia Civil e do Núcleo Integrado de Fiscalização (NIF) do município.

O trabalho resultou na prisão de duas pessoas, proprietários das empresas, e na apreensão de material que comprova a prática ilegal. Os suspeitos responderão pelo crime de exercer atividade econômica ou anunciar que exerce, sem preencher as condições a que por lei está subordinado a seu exercício, previsto no Decreto lei 3688/41.

Segundo o delegado de Sorriso, André Eduardo Ribeiro, as empresas funcionavam em duas pequenas salas comerciais na zona Leste, onde eram vendidas as passagens e foram apreendidos diversos materiais como cadernos com anotações com datas e horários de viagens.

O proprietário de uma das empresas confessou que os ônibus faziam viagens até de ida e volta até o nordeste do país, sendo apreendido um ônibus utilizado para fazer o transporte dos passageiros. O delegado recomenda a população tomar muito cuidado ao comprar passagens em empresas de origem duvidosa.

“A PRF vem fiscalizando as estradas e a Polícia Civil e o NIF está atuando nas fiscalizações das empresas. A empresa que atua de foram clandestina não tem compromisso com os clientes e cuidados com seus veículos que muitas vezes não apresentam condições de viagem. Estejam sempre atentos em procurar empresas corretas para não ter maiores prejuízos”, disse o delegado.

 

Fonte: PJC MT

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLÍCIA

Durante recaptura de preso na região norte, homem tenta subornar policial civil

Publicados

em


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Equipes da Polícia Civil de Peixoto de Azevedo e de Guarantã do Norte recapturaram nesta quarta-feira (01.04), pela manhã, um foragido do Sistema Penitenciário. O homem de 44 anos foi localizado em uma propriedade rural no município de Nova Guarita, também na região norte.

Ao chegar à propriedade para checar a informação, os policiais foram avistados por moradores da chácara que avisaram o fugitivo, que correu em direção ao pasto da chácara, porém, foi contido por um dos policiais. Ao ser detido, o homem ofertou dinheiro, dizendo que daria R$ 10 mil para que o deixasse fugir.

Depois de fracassada a tentativa de suborno, ele ameaçou o policial civil, dizendo que estava armado, foi novamente contido, mas passou a chutar o policial e ainda tentou desarmá-lo, quando foi necessário uso da força para contê-lo, sendo feito disparos em área não letal. Com a aproximação das equipes, o fugitivo foi imobilizado e algemado.  

O recapturado e o policial foram encaminhados para atendimento médico em uma unidade de saúde de Nova Guarita. O policial teve escoriações, foi atendido e passa bem.

De acordo com o delegado de Peixoto de Azevedo, José Getúlio Daniel, o fugitivo será autuado por resistência e corrupção ativa.

O foragido estava trabalhando, com autorização judicial, junto com outros presos custodiados na cadeia de Peixoto de Azevedo, na obra da nova Delegacia da Polícia Civil em Matupá, e eram acompanhados por um agente penitenciário. No dia 9 de março, durante intervalo do almoço, ele foi ao banheiro e fugiu.

Após liberado do hospital, o homem será encaminhado para a unidade prisional de Peixoto de Azevedo.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA