MANCHETE

Por unanimidade, comissão aprova relatório pela cassação de vereador de Cuiabá

Publicados

em

A Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá aprovou na manhã desta quarta-feira (12), por unanimidade, o relatório favorável à cassação do mandato do vereador Abílio Brunini (PSC) por quebra de decoro parlamentar.

O documento com mais de 40 páginas foi apresentado pelo vereador Ricardo Saad (PSDB) durante reunião extraordinária da comissão, que também fazem parte os vereadores Toninho de Souza (PSD) e Vinicyus Hugueney (PP).

O documento foi encaminhado para o presidente da Casa de Leis, Misael Galvão (PTB). Na sequência deverá ser enviado para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), que terá o prazo de 15 dias úteis para emitir parecer a cerca do relatório.

Após cumprir todos esses tramites, o processo será remetido para votação em plenário.

A sessão foi bastante tumultuada. A todo o momento, a defesa do vereador, que estava acompanhado dos colegas Diego Guimarães (PP) e Felipe Welaton (PV), alegava que estava sendo cerceada pela comissão.

Na saída, Abílio  afirmou que o processo de cassação foi criado para fortalecer o prefeito Emanuel Pinheiro. Segundo ele, o objetivo é “tirar uma pedra no sapato” do gestor, já que ele se apresenta como principal nome da oposição a Câmara de Cuiabá. Ele ainda cita que este processo tem como objetivo atrapalhar outras duas investigações realizadas na Câmara, as CPIs do Paletó e da Saúde.

Leia Também:  Representantes do comércio fazem manifestação contra medidas anunciadas pelo prefeito de Cuiabá

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA