CIDADES

Prefeito Emanuel Pinheiro lamenta morte do cardiologista Agnaldo Solon Arruda Azambuja

Publicados

em


Assessoria

Clique para ampliar

Faleceu no último domingo (1), o médico cardiologista Agnaldo Solon Arruda Azambuja, 52 anos. Ele faleceu de causas naturais, em casa. Atuava no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), onde era muito respeitado pelos colegas e pacientes. Agnaldo deixa esposa e um casal de filhos. O velório ocorrerá nesta segunda-feira (2), das 14h às 16h, na Capela Dom Bosco. O prefeito Emanuel Pinheiro lamentou a morte do servidor da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). “Com muita tristeza recebi a notícia da morte precoce do médico Agnaldo Solon, que muito contribuiu com a saúde pública de Cuiabá. Quero deixar meus sinceros sentimentos de pesar a toda família, colegas de trabalho e todos que com ele conviveram. Que Deus possa dar o conforto neste momento de dor”.

Leia Também:  Morte de Kathlen Romeu completa 100 dias e investigação ainda não foi concluída

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA