POLÍCIA

Presídios de São Paulo têm fugas e rebeliões

Publicados

em

Foto mostra fuga em massa de presídio de Mongaguá (SP)

Centenas de detentos fizeram rebeliões e fugiram de vários presídios no litoral paulista, Grande São Paulo e interior de São Paulo na tarde desta segunda-feira (16).

Em Mongaguá, a fuga foi filmada por uma pessoa (veja vídeo acima). Nas imagens é possível ouvir o autor do vídeo dizer: “voltar na segunda, hein!” (leia mais abaixo).

A Polícia Militar divulgou o seguinte cenário após as fugas e rebeliões:

  • Mongaguá – fugiram 400 presos. Não há informações de reféns.
  • Mirandópolis – fugiram 926 presos. Não há informações de reféns.
  • Taubaté – fugiram 30 presos. Não há informações de reféns

Nesta quinta-feira (12), órgãos públicos cujas sedes estão instaladas na cidade de São Paulo implementaram restrições à entrada e circulação de pessoas como forma de contenção e prevenção de infecções por coronavírus.

Leia Também:  Atingidas por incêndio, loja de festas e imobiliária terão que ser demolidas

Nesta segunda-feira, o Tribunal de Justiça de São Paulo decidiu suspender audiências consideradas não urgentes e vetou a presença do público em julgamentos e em fóruns para evitar o contágio do coronavírus. A recomendação é que só sejam atendidos casos considerados urgentes.

São considerados casos urgentes em audiências aqueles que envolvem réus presos, menores infratores e alguns casos da área de família.

A Superintendência da Polícia Federal em São Paulo suspendeu as visitas às pessoas custodiadas na sede da Polícia Federal.

As medidas de segurança para prevenir o contágio pela doença foram anunciadas na sexta-feira (13) e sábado (14) pelo Tribunal de Justiça. As recomendações seguem as orientações divulgadas pelo Conselho Superior de Magistratura.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA