Geral

Projetos da Energisa ajudam moradores de Mato Grosso durante a pandemia

Publicados

em

Empresa fez doações de cilindros de oxigênio, usados por pacientes com Covid-19, para unidades de saúde da capital e do interior.

Para ajudar a enfrentar a pandemia da Covid-19, a Energisa desenvolve e aprimora diversos projetos sociais que são oferecidos aos moradores de Mato Grosso. As ações são diversas: desde doações de cestas básicas até fornecimento de cilindros de oxigênio para hospitais do estado.

No início da pandemia, a empresa entrou em contato com associações e governos para entender como poderia ajudar o estado nesse momento tão difícil.

Durante os debates nasceu o movimento ‘Energia do Bem’, criado para implementar iniciativas em cinco frentes: cuidado com a saúde, assistência social, capacitação profissional, apoio à cultura local e incentivo a micro e pequenos empreendedores.

Além disso, o movimento realizou melhorias na rede elétrica que atende o Hospital Metropolitano de Várzea Grande, doou respiradores para Santa Casa de Cuiabá e mais de 30 mil máscaras e criou informativos para orientar a população de 30 municípios sobre a Covid-19.

Em um ano, mais de mil cestas básicas foram doadas pela empresa em Mato Grosso.

Leia Também:  S.T.J. Entraves Jurídicos, faz prevalecer VLT

Atualmente, diante da alta demanda, a empresa está focada na distribuição e no transporte de cilindros de oxigênio para unidades de saúde da capital e do interior.

A oferta de oxigênio para os pacientes internados com Covid-19 tem sido um dos maiores desafios da pandemia.

Em março deste ano, para ajudar as unidades de saúde, a unidade da Energisa em Mato Grosso fez a doação de 100 cilindros de oxigênio ao governo do estado.

Os cilindros doados foram transportados pela concessionária para Sinop (no norte de Mato Grosso), de onde seguiram, com o apoio da empresa, até hospitais de referência no tratamento da doença, em vários municípios de Mato Grosso, segundo definição do governo.

Tarifa social

Com a economia afetada pela pandemia, outro projeto que se destaca na Energisa é o Tarifa Social.

Cerca de 170 mil famílias de Mato Grosso já estão se beneficiando do programa que concede desconto de até 65% na tarifa de energia – para quilombolas e indígenas, o desconto chega a 100%.

O número de beneficiados representa quase 14% da base de consumidores residenciais da Energisa no estado.

Leia Também:  O debate no Chile quanto a mudar ou não a Constituição feita sob Pinochet

O alcance do benefício vem crescendo a cada ano. Em janeiro de 2019, Mato Grosso contava com pouco mais de 130 mil cadastrados. Para receber o benefício, é necessário que o consumidor esteja inscrito no Cadastro Único (CadÚnico), tenha o Número de Identificação Social (NIS) e entre em contato com a concessionária.

Sobre a Energisa

Com 116 anos de história, o Grupo Energisa é o maior privado do setor elétrico com capital nacional e o também o maior na Amazônia Legal. Uma das primeiras empresas a abrir capital no Brasil, a companhia controla 11 distribuidoras em Minas Gerais, Paraíba, Rio de Janeiro, Sergipe, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, São Paulo, Paraná, Rondônia e Acre. Com receita líquida anual de R$ 18 bilhões (2020), o Grupo atende a 8 milhões de clientes (o que representa uma população atendida de mais de 20 milhões de pessoas) em 862 municípios de todas as regiões do Brasil, além de gerar cerca de 20 mil empregos diretos e indiretos.

Fonte: G1

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA