POLÍCIA

Queima de processos da OAB será investigada pela Polícia Federal e Civil

Publicados

em

Tentativas de queima de documentos contra advogados do estado estão sendo investigadas pela Polícia Federal (PF), em conjunto com a Polícia Civil. O primeiro incêndio ocorreu em janeiro, na sede do Tribunal de Ética e Disciplina (TED), no qual parte de processos foram destruídos e recentemente no dia 15 de fevereiro, houve uma segunda tentativa.

Segundo relatos do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil do Estado de Mato Grosso, Leonardo Campos, no dia 5 de janeiro um criminoso invadiu com intenção de queimar alguns processos, até selecionou quais seriam de interesse e ateou fogo. “Por graça de Deus e da nossa vigilância, o volume de processos atingidos foi mínimo”, disse. 

Na época do primeiro atentado, uma grande parte dos membros da direção da Ordem estava viajando. Logo em seguida foi requerida perícia no local e o laudo apontou que o incêndio foi criminoso.

“Infelizmente, temos bandidos com carteira da OAB”, enfatizou o presidente.

Na segunda tentativa, sábado (15), dois suspeitos entraram no prédio da Escola Superior, munidos de galões de gasolina para atear fogo nos processos. A empresa de vigilância conseguiu impedir a ação criminosa e o material foi de acordo com o relato de Campos.

Leia Também:  PM tem novos comandantes na Academia de Oficiais Costa Verde e Escola Superior de Praças

Conforme o presidente, foi possível extrair mais indícios para a investigação nessa segunda invasão e tudo será encaminhado para a polícia. Foi feita a triagem dos processos atingidos e digitalização deles. Os advogados citados em cada um dos documentos também já foram identificados.

“Tem muita coisa da investigação que não posso adiantar, mas, posso dizer que o nome de todos os conselheiros, servidores e pessoas que circulam na ordem já foram repassados para a Polícia Federal, que está fazendo um minucioso trabalho em conjunto com a inteligência da Polícia Civil”, conclui.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA