JUDICIÁRIO NACIONAL

Relator decide pela improcedência da denúncia de Faiad contra Selma

Publicados

em

O ministro Humberto Martins, relator da reclamação administrativa disciplinar do advogado Faiad contra a senadora cassada Selma Arruda (Podemos), que tramita no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), votou na sessão desta terça-feira (18), pela improcedência da denúncia.

Na denúncia, protocolada em 2017, Faiad acusa Selma de usar a  7ª Vara Criminal de Cuiabá para fins políticos e midiáticos.

A conselheira Cândice Jobim pediu vista do processo, por tanto não há data para que a reclamação de Faiad retorne a pauta do CNJ.

Ao votar pela improcedência, Humberto Martins argumentou que assim que teve pretensões políticas, Selma encaminhou à aposentadoria.

Leia Também:  Victorya faz vídeo de fio dental rebolando em cima do namorado e Web vai a loucura; confira

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA