JUDICIÁRIO MT

Riva devolverá R$ 92 milhões e pena cai para 2 anos em prisão domiciliar

Publicados

em

O ex-deputado estadual José Riva deve devolver o montante de R$ 92 milhões aos cofres públicos de Mato Grosso.

O acordo foi estabelecido na colaboração premiada do ex-parlamentar, homologado nesta quinta-feira (20) pelo desembargador Marcos Machado, do Tribunal de Justiça.

Do total a ser restituído, R$ 90 milhões dizem respeito ao ressarcimento aos cofres públicos, e R$ 2 milhões relativos a multa com o Poder Judiciário.

No acordo ainda consta que Riva,deverá cumprir dois anos em regime fechado diferenciado, conhecido como prisão domiciliar e se submeter ao uso de tornozeleira eletrônica.

Delação premiada

O acordo de Riva possui 58 anexos, armazenados em caixas do tipo box, que narram supostas condutas ilícitas praticadas por ex-parlamentares e gestores, ocupantes de mandatos e cargos públicos e até membros do Poder Judiciário.

No documento, Riva revelou o pagamento de propinas milionárias a 38 parlamentares e ex-parlamentares ao longo dos 20 anos em que esteve no comando do Legislativo. Neste período, pagamentos ilícitos teriam chegado a R$ 175,7 milhões.

Leia Também:  PC prende bando que fraudava documentos para retirar carros da Semob, em Cuiabá

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA