BRASIL

São Paulo anuncia ‘fase de transição’, liberando reabertura do comércio

Publicados

em

A fase de transição do Plano SP vai durar duas semanas (Crédito: Governo do Estado de São Paulo)

O Governo de São Paulo anunciou nesta sexta-feira (16) que vai aumentar a flexibilização em algumas áreas da atividade econômica, liberando a reabertura dos comércios com restrições nos horários de fechamento. Essa será uma “fase de transição” que vai durar duas semanas, tendo início já neste domingo (18).

Na primeira semana a flexibilização atinge o setor do comércio, com a liberação do setor de serviços acontecendo a partir do dia 24 (veja mais abaixo). A ideia é caminhar para uma “fase laranja” após o término da transição, onde os atendimentos presenciais serão retomados, os horários serão ampliados e a taxa de ocupação dos estabelecimentos será de 40%.

Segundo o anúncio desta sexta, as restrições impostas nas fases emergencial e vermelha, que duraram 27 dias ao todo, serviram para diminuir a taxa de crescimento diário de pacientes internados em UTI covid. A taxa de ocupação das UTIs no dia 1 de abril era de 92,3%, e até o dia último dia 15 estava em 85,3%.

Na fase de transição o governo mantém o toque de recolher das 20h às 5h, o home office para atividades administrativas, além do escalonamento de entrada e saída dos trabalhadores do comércio, serviços e indústrias.

Primeira semana (dos dias 18 a 23 de abril) funcionarão:

– Atividades comerciais, das 11h às 19h;

– Atividades religiosas com protocolos de saúde;

– Toque de recolher das 20h às 5h;

– Todos os locais com 25% da capacidade de ocupação;

– Escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e indústrias.

Segunda semana (dos dias 24 de abril a 30 de abril) funcionarão:

– Atividades comerciais, das 11h às 19h;

– Atividades religiosas com protocolos de saúde;

– Restaurantes e similares, das 11h às 19h;

– Salão de beleza e barbearia, das 11h às 19h;

– Atividades culturais, das 11h às 19h;

– Academias, das 07 às 11h e das 15h às 19h.

– Locais com 25% da capacidade de ocupação;

– Escalonamento do horário de entrada e saída de atividades do comércio, serviços e indústrias.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA