CIDADES

Secretaria de Saúde e Empresa Cuiabana de Saúde Pública reafirmam compromisso de pagar regularmente empresas prestadoras de serviços

Publicados

em


José Ferreira

Clique para ampliar

Em relação à Operação Curare, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) informam que:

– Não houve bloqueio nas contas bancárias das empresas investagadas. 

– Da mesma forma, as empresas que prestam serviços à SMS e à ECSP nos hospitais municipais e que foram alvos da operação não estão impedidas de receber os valores devidos pelos serviços prestados.

– Os profissionais que prestam serviços nessas unidades podem continuar trabalhando normalmente, com a segurança de que seus empregadores receberão os pagamentos por parte da Secretaria e da ECSP, que farão os repasses regulares dos serviços comprovadamente prestados.

– Por sua vez, a população usuária desses hospitais também pode contar com a certeza de que os serviços não serão afetados.

– A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e a Empresa Cuiabana de Saúde Pública reiteram que estão trabalhando e prestando serviço à comunidade e comprometidas em cumprir com as determinações judiciais da operação.

Leia Também:  Coronel de MT quer morte de serial killer de Goiás: "Podia pegar covid .40"

– Por fim, afirmam que estão disponíveis para prestar todos os esclarecimentos que se fizerem necessários e sanar as dúvidas dos profissionais e entidades de classe.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA