POLÍTICA MT

Senado declara perda de mandato de Selma Arruda e Fávaro toma posse

Publicados

em

Por cinco votos favoráveis, Senado declara perda de mandato da senadora cassada de Mato Grosso, juíza aposentada Selma Arruda e o terceiro colocado Carlos Fávaro (PSD) toma posse. O ato será publicado no Diário Oficial da União (DOU) e comunicado ao plenário na próxima reunião. “O terceiro colocado toma posse, porque o segundo colocado já está exercendo o mandato”, disse ao #vgnoticias uma fonte que participou da reunião.

Votaram pela perda do mandato de Selma, os senadores Antônio Anastasia (PSD), Sérgio Petecão (PSD), Edurado Gomes (MDB), Flávio Bolsonaro e Luís Carlos Heinze (PP). Contrário apenas o senador Lasier Martins do mesmo partido da parlamentar cassada (Podemos).

A Mesa Diretora do Senado decidiu, em sessão remota, na manhã nesta quarta-feira (15.04), pela perda de mandato de Selma Arruda, por conta da decisão proferida pelo Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 10 de dezembro de 2019, nos autos do Recurso Ordinário, referente à cassação do mandato da juíza aposentada, senadora Selma Arruda, por caixa dois e abuso de poder econômico.

Leia Também:  Cidade de MT cria faixa exclusiva para capivaras

Participam da reunião, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), os senadores Weverton Rocha Marques (PDT), Antônio Anastasia (PSD), Jaques Wagner (PT), Laiser Martins (Podemos), Sérgio Petecão (PSD), Leila Barros (PSB), Edurado Gomes (MDB) (relator do processo no Senado), Flávio Bolsonaro (republicanos) e Luís Carlos Heinze (PP).

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA