conecte-se conosco

REPÚBLICA

Servidores condenam redução de salário por causa do coronavírus

Publicados

em

 

.

Contingente do funcionalismo diminuiu em 2019.| Foto: Pillar Pedreira/Agência Senado

Nove associações de servidores públicos criticaram medidas discutidas pelo governo e pelo Congresso Nacional sobre redução do salário do funcionalismo público durante a pandemia do coronavírus no Brasil. De acordo com as organizações, a ideia é “inaceitável”, “absolutamente descabida” e “contraproducente”. “Os servidores já deram sua cota de contribuição, pelo aumento da carga tributária que tiveram que suportar em decorrência das alíquotas progressivas de contribuição previdenciária, introduzidas pela EC109/19”, afirmam as entidades, se referindo à Reforma da Previdência, enviada pelo Planalto e aprovada pelo Congresso em 2019. As associações pedem que, ao invés de cortar salário dos servidores, o Executivo e o Legislativo se debrucem sobre a possibilidade de revisão do teto de gastos, a suspensão do pagamento da rolagem da dívida pública por seis meses e acesso a uma linha de crédito providenciada pelos Estados Unidos. “A ideia é disponibilizar o recurso para manter a máquina pública funcionando e permitir um padrão de consumo necessário para manter a economia em giro”, explicam. As entidades pedem ainda a suspensão temporária do pagamento das parcelas dos empréstimos consignados dos servidos públicos e aposentados do INSS por seis meses, sem acréscimo de juros.

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

REPÚBLICA

Governador de SC volta atrás e vai manter isolamento social por mais tempo

Publicados

em


.
O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés| Foto: Julio Cavalheiro/SECOM

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés (PSL), desistiu de afrouxar as medidas de isolamento social a partir da próxima quarta-feira (1.º de abril), como havia anunciado anteriormente. Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, em reunião com prefeitos catarinenses, Moisés sinalizou que vai prorrogar as medidas restritivas até que o sistema de saúde do estado esteja mais preparado para enfrentar a pandemia de coronavírus.

Continue lendo

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA