Geral

STJ adia pela terceira vez julgamento de conselheiros do Tribunal de Contas

Publicados

em

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) adiou mais uma vez o julgamento de cinco conselheiros afastados do Tribunal de Contas do Estado (TCE) ao cargo. A sessão estava marcada para esta terça-feira (04).

O motivo do adiamento é para que os advogados dos conselheiros juntem documentos ao processo.

De acordo com informações, a autorização para juntada de novos documentos foi dada no dia 19 de dezembro. Mas, o STJ entrou em recesso no dia seguinte a publicação foi realizada somente nesta segunda-feira (03), quando acabou o recesso.

O prazo para a juntada dos documentos é de 5 dias. Mas a próxima sessão da Corte Especial do STJ está marcada para 19 de fevereiro.

Este é o terceiro adiamento do julgamento contra os conselheiros Antônio Joaquim, José Carlos Novelli, Waldir Teis, Valter Albano e Sérgio Ricardo de Almeida, afastados desde setembro de 2017 por determinação do ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal (STF), no âmbito da Operação Malebolge.

Eles são acusados de receberem R$ 53 milhões em propina do ex-governador Silval Barbosa para aprovarem suas contas e não criarem embaraços nas obras da Copa do Mundo e do MT Integrado.

Leia Também:  O leiteiro e o açougueiro

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA