MUNDO

Subprocurador do Texas chama Simone Biles de vergonha nacional para os EUA, toma bronca de chefe e pede desculpas

Publicados

em

 

 

 

Entenda o que são os ‘twisties’ que tiraram Simone Biles das finais olímpicas

Entenda o que são os ‘twisties’ que tiraram Simone Biles das finais olímpicas

O subprocurador-geral do estado do Texas, Aaron Reitz, publicou um texto em uma rede social em que chamava a atleta Simone Biles de uma mulher infantil e de ser uma vergonha nacional para os Estados Unidos na terça-feira (27), segundo o “Washington Post”.

1 de 1
Simone Biles abandonou a competição de ginástica em Tóquio — Foto: REUTERS/Lindsey Wasson

Simone Biles abandonou a competição de ginástica em Tóquio — Foto: REUTERS/Lindsey Wasson

LEIA TAMBÉM

A história começou com uma publicação de um canal conservador em uma rede social de uma cena das Olimpíadas de 1996, em Atlanta: Kerri Strug competiu mesmo com lesões e garantiu a medalha de ouro para os EUA.

Apesar de não haver nenhuma citação, a mensagem era claramente uma indireta a respeito do caso de Simone Biles, que deixou competições das Olimpíadas de Tóquio por questões de saúde mental.

Leia Também:  Mundo supera 75 milhões de casos de covid-19 na pandemia

O canal conservador publicou um texto em que dizia que “os grandes encontram uma forma”.

Reitz, o subprocurador-geral do Texas, afirmou então: “[É um] contraste com Simone Biles, nossa vergonha nacional, egoísta e infantil”.

O chefe dele, Ken Paxton, disse que Reitz havia sido muito inadequado e insensível. Paxton disse: “Eu conheço Simone Biles, ela é uma atleta fantástica e uma pessoa ainda melhor, a saúde mental é muito mais importante que qualquer competição, e eu a apoio totalmente”.

Depois da bronca de seu chefe, Reitz apagou sua mensagem na rede social e pediu desculpas a Simone Biles. “Simone Biles é uma patriota de verdade e uma das maiores ginastas do nosso tempo. Eu peço desculpas e desejo bem a ela”, afirmou ele.

Biles deixou competição

Biles, de 24 anos, é a maior estrela da modalidade. Ela tem 31 medalhas de Olimpíadas e campeonatos mundiais. A atleta ficou de fora da prova individual de ginástica olímpica depois de passar por uma avaliação médica em que a atleta optou por cuidar do seu bem-estar emocional. Na terça-feira, a atleta já havia deixado de participar de parte da competição por equipes depois de perder um salto.

Leia Também:  Felipe Neto revela se irá participar da próxima edição do "BBB"

 

 

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA