MANCHETE 2

Tornozeleira ajuda prender criminoso com drone e celulares destinados à PCE

Publicados

em

 

Uma ação criminosa que seria colocada em prática por dois homens para arremessar celulares dentro da Penitenciária Central do Estado (PCE), em Cuiabá,  utilizando um drone, foi interrompida por uma equipe da Polícia Militar na noite deste sábado (1º de maio).  Na ação, registrada no bairro Nova Esperança 3, foram apreendidos um drone, três celulares, um fone de ouvido, um cabo USB e um dispositivo eletrônico,

O criminoso que faria entrega dos objetos ilícitos para comparsas que estão presos chegou a fugir dos militares, mas acabou localizado escondido dembaixo de uma árvore com ajuda da central de monitoramento que rastreou o sinal da tornozeleira eletrônica que ele utiliza. Outro homem que estava no veículo do suspeito também foi detido e levado para a delegacia.

Ambos trafegavam num veículo Polo de cor cinza pelo bairro Nova Esperança 3, quando uma equipe do Grupo de Apoio (GAP), do 24º Batalhão avistou o carro e tentou fazer a abordagem. O motorista acelerou e fugiu contornando a quadra e depois parou na frente de uma residência conhecida como boca de fumo. O passageiro adentrou na residência e fugiu da abordagem deixando apenas o motorista no local.

Dentro do carro os militares encontraram o drone e os celulares. O motorista alegou não que o carro e os objetos era do suspeito que fugiu adentrando a residência. Disse ainda que o “fujão” pretendia lançar os equipamentos na PCE com ajuda do drone.

Com o nome do fugitivo os militares consultaram os bancos de dados da segurança pública e confirmaram que ele era monitorado por uma tornozeleira. A central de monitoramento da Secretaria Estadual de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh) foi acionada, localizou o esconderijo do criminoso e repassou aos militares.

Ele estava deitado debaixo de uma árvore a duas quadras da casa onde deixou o carro estacionado. De acordo com o relato do boletim de ocorrência, o criminoso tentou fugir novamente e por isso foi algemado, deitado no chão e por tentar se desvencilhar, foi preciso fazer uso de força física, o que causou alguns ferimentos no rosto, testa e boca do suspeito.

Depois de algemado foi levado ao Hospital Municipal de Cuiabá onde recebeu atendimento médico e depois foi levado para a Central de Flagrantes. O amigo dele que digiria o carro também foi encaminhado à delegacia algemado e teve a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) apreendida acusado de direção perigosa quando fugiu da viatura. Nomes e idades dos suspeitos não foram divulgados.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA