JUDICIÁRIO MT

TRE descarta adiar as eleições por pandemia do coronavírus. MT não tem caso confirmado

Publicados

em

Gilberto Giraldelli, desembargador e presidente do TRE-MT

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) descartou até o momento, o adiamento da eleição suplementar ao Senado em Mato Grosso por causa da pandemia do Coronavírus.

Nos últimos dias boatos de que a eleição seria adiada ganhou força devido ao aumento do número de casos do Coronavírus no país. Contudo, a assessoria de imprensa do órgão negou a informação.

A eleição está marcada para o último domingo de abril, dia 26. Doze candidatos disputam a vaga após Selma Arruda (Podemos) ter o mandato cassado em dezembro do ano passado.

No dia 09 de março, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou pedido do governador Mauro Mendes (DEM) para suspender a eleição suplementar ao Senado. Havia sugestão para realização junto do pleito municipal, em outubro. Nesta segunda, o candidato do PT, Otaviano Pivetta, voltou a levantar a proposta.
Por não ter nenhum caso confirmado no Estado ainda há recomendação para fechamento de locais com concentração de pessoas, como escolas, cinemas e bares.

Leia Também:  Advogada relata experiência positiva com uso dos Canais de Acesso do Judiciário de Mato Grosso

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA