ATIVIDADE PARLAMENTAR

Vereadores assinam pedido para derrubada de taxa de esgoto em Sorriso

Publicados

em

Cinco vereadores de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá) assinaram um pedido para que a Prefeitura seja proibida de cobrar a tarifa de esgoto – que equivale a 90% da taxa de água – até que sejam realizados estudos operacionais e financeiros sobre o valor.

Vereadores do município de Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá) assinaram um pedido para que a Prefeitura seja proibida de cobrar a tarifa de esgoto, que equivale a 90% da taxa de água , até que sejam realizados estudos operacionais e financeiros sobre o valor.

De acordo com o vereador Damiani na TV (PSC) a atual cobrança é ilegal, já que foi passada para o consumidor sem um parecer de um auditor independente.

O parlamentar cobra o cumprimento da lei 710/198, que determina que a tarifa de esgoto só será fixada após a realização de estudos operacionais e financeiros, que devem ser aprovados pelo Conselho Municipal de Saneamento Básico.

“As inúmeras reclamações dos residentes dos bairros onde já se encontram instalada a rede de esgoto sanitário, quanto ao valor da tarifa cobrada no percentual de 90%, sobre o consumo de água mensal, elevando as faturas a níveis astronômicos e até impagáveis, nos leva a fazer essa indicação”, explica Daminani.

Leia Também:  Câmara realiza primeira sessão ordinária de 2022

Também assinam a indicação os vereadores Toco Baggio (PSDB), Nereu Bresolin (DEM0, Dirceu Zanatta (MDB) e Elisa Abrahão (Patriotas).

 

(Com informações da assessoria)

 

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA