POLÍTICA MT

Vereadores pedem sessões secretas e tentam parar investigações da CPI do Paletó

Publicados

em

A primeira sessão da CPI do Paletó realizada após determinação judicial foi marcada por polêmica e protesto dos vereadores de oposição. Membros da base do prefeito, os vereadores Toninho de Souza (PSD) e Sargento Joelson (PSC) apresentaram requerimentos que tentaram “travar” as investigações.

 

Membros da base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), os vereadores Toninho de Souza (PSD) e Sargento Joelson (PSC), apresentaram requerimentos para tentar travar as investigações da primeira sessão da CPI do Paletó.

 

O vereador Toninho de Souza requereu que sejam solicitadas as delações e investigações realizadas referentes à delação do ex-governador Silval Barbosa e que até que tenham essas informações não deve ser realizado nada da CPI. Segundo ele, as documentações são fundamentais para a investigação.

 

“Que sejam solicitadas as delações e investigações realizadas referente a delação do ex-governador Silval Barbosa”, pediu.

 

Sob vaias dos vereadores da oposição, que estavam acompanhando a sessão o sargento Joelson foi além e pediu que a CPI passasse a realizar sessões “secretas”. Segundo ele, é para o “bom andamento” dos trabalhos.

Leia Também:  Justiça condena município de MT a melhorar serviços de saúde

 

“Os 25 vereadores poderão acompanhar nosso trabalho”, declarou o parlamentar.

 

O presidente da CPI, vereador Marcelo Bussiki (PSB) disse que eles serão votados na próxima reunião da comissão.

POLICIA

POLÍTICA MT

PICANTES

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA